Pular para o conteúdo
Percepções > Audiências

Estado do Consumidor Hispânico: O Imperativo do Mercado Hispânico

2 minutos de leitura | Abril 2012

Em mais de 100 países ao redor do mundo, a Nielsen oferece a mais completa compreensão do que os consumidores observam e compram. Nos Estados Unidos, há quase 90 anos, a Nielsen tem fornecido insights sobre os consumidores. A Imperativa do Mercado Hispânico oferece uma nova perspectiva sobre o segmento de consumo hispânico da economia dos Estados Unidos. Este relatório destaca a importância do mercado latino e fornece insights para ajudar os marqueteiros a terem sucesso nas oportunidades que estão por vir.

A população hispânica dos Estados Unidos é o maior segmento minoritário e está crescendo a um ritmo dramático em direção à pluralidade étnica, o que já ocorreu nos estados mais populosos e está começando a ocorrer entre a população infantil dos EUA. A futura economia dos EUA dependerá dos hispânicos em virtude das mudanças demográficas e das mudanças sociais e culturais esperadas para acompanhar seu crescimento contínuo.

Tem se tornado cada vez mais importante desafiar as concepções errôneas comumente defendidas sobre o mercado latino que minam a importância de seu tamanho, singularidade e valor. Os tópicos deste relatório se baseiam em evidências convincentes da mudança do mercado e na perspectiva dos marqueteiros que têm tido sucesso comprovado no mercado latino:

  • Os latinos são um componente fundamental para o sucesso empresarial, e não um nicho passageiro à margem.
  • O rápido crescimento da população latina persistirá, mesmo se a imigração for completamente interrompida.
  • Os latinos acumularam um poder de compra significativo, apesar das percepções em contrário.
  • Os hispânicos são o maior grupo de imigrantes a exibir sustentabilidade cultural significativa e não estão desaparecendo no caldeirão cultural americano.
  • A tecnologia e o uso da mídia não refletem o mercado em geral, mas têm padrões distintos devido à linguagem, cultura e dinâmica de propriedade.
  • Os latinos exibem padrões distintos de consumo de produtos e não estão comprando de maneira igual ao mercado total.

Os hispânicos já são responsáveis por uma parte importante dos gastos dos consumidores e, dada sua juventude, seus avanços educacionais e sua crescente capacidade de gastos, os hispânicos estão rapidamente se tornando os principais motores de crescimento e prováveis criadores de tendências no mercado. Os comerciantes precisarão entender o quê, onde, como e por quê de seu papel no espaço de consumo de amanhã.

Nas previsões de crescimento do consumo futuro, a participação hispânica é significativamente maior do que a dos não hispânicos. A evidência da distinção e sustentabilidade da cultura hispânica é convincente e implica uma futura cultura americana com um forte sabor hispânico.

Finalmente, é instrutivo reconhecer que existem veículos únicos e úteis para alcançar os hispânicos em torno da língua, do consumo de mídia e da adoção de tecnologia. Dada a total dependência do mercado em relação aos hispânicos para o crescimento futuro, o aproveitamento das preferências e comportamentos de compra dos hispânicos é essencial para que qualquer estratégia ou plano de marketing seja bem sucedido.

Este relatório fornece uma base geral para a construção de estratégias eficazes que serão cada vez mais os principais motores do crescimento em praticamente todas as categorias de produtos e serviços. A compreensão dos distintos padrões demográficos, culturais e de consumo pode levar a um impacto considerável e crescente na participação total do mercado.