Pular para o conteúdo
Insights > Mídia

Relatório australiano Multi-Screen Q2 2014

1 minuto lido | Outubro 2014

O Relatório Australiano de Tela Múltipla para o segundo trimestre de 2014 revela que os australianos estão assistindo mais televisão em aparelhos de TV em casa ano após ano e continuam a adotar novas tecnologias de tela.

O uso total da tela da televisão também aumentou em comparação com um ano atrás, refletindo a progressiva adoção de novos dispositivos ligados ao aparelho de televisão, e de televisores com potencial para se conectar à Internet.

Principais destaques desta edição:

  • Os australianos assistem em média 97 horas e 03 minutos (97:03) de transmissão de TV em aparelhos de televisão tradicionais por mês - mais 26 minutos por mês de ano em ano (YOY).
  • 91,8% de todas as transmissões de TV são ao vivo, com a reprodução do conteúdo transmitido que os telespectadores gravam e assistem dentro de sete dias, representando 8,2% (7:58 por mês).
  • Os australianos gastam em média 39:27 por mês online .
  • 27% das casas têm TVs com acesso à Internet, conectadas ou não (22% no segundo trimestre de 2013).
  • 42% dos lares têm comprimidos (33% no segundo trimestre de 2013).
  • 71% dos australianos com mais de 16 anos possuem um smartphone (65% no segundo trimestre de 2013) e auto-relatam uma média de 1:56 por mês visualizando qualquer vídeo sobre esses dispositivos (1:20 um ano antes).
  • 13,516 milhões de australianos assistem alguns vídeos na Internet a cada mês (incluindo conteúdo transmitido e não transmitido pela TV): uma média de 8:08 por mês.
 
Sobre o relatório australiano Multi-Screen
O Australian Multi-Screen Report, lançado trimestralmente, é a primeira e única pesquisa nacional sobre tendências na visualização de vídeos em residências australianas através da televisão, computadores e dispositivos móveis. Ele combina dados das três melhores fontes de pesquisa disponíveis: os painéis de classificação de televisão OzTAM e Regional TAM e o painel nacional NetView da Nielsen, o banco de dados Consumer & Media View e o Australian Connected Consumers Report.