Pular para o conteúdo
Centro de Notícias >

Nielsen informa sobre os resultados do segundo trimestre de 2011

Leitura de 7 minutos | Julho 2011

Algumas medidas não-GAAP
Utilizamos de forma consistente as medidas financeiras não-GAAP abaixo para avaliar os resultados de nossas operações. Acreditamos que a apresentação dessas medidas não-GAAP fornece informações úteis aos investidores com relação às tendências financeiras e comerciais relacionadas aos nossos resultados de operações e que quando essas informações financeiras não-GAAP são vistas com nossas informações financeiras GAAP, os investidores têm uma compreensão mais significativa de nosso desempenho operacional contínuo. Nenhuma das medidas não-GAAP apresentadas deve ser considerada como uma alternativa à renda ou perda líquida, renda ou perda operacional, fluxos de caixa das atividades operacionais, endividamento total ou quaisquer outras medidas de desempenho operacional, liquidez ou endividamento derivado de acordo com os GAAP. Estas medidas não-GAAP têm limitações importantes como ferramentas analíticas e não devem ser consideradas isoladamente ou como substitutos para uma análise de nossos resultados, conforme relatado em GAAP.

Apresentação de moeda constante
Avaliamos nossos resultados de operações tanto em moeda constante como como relatada. A apresentação em moeda constante, que é uma medida não-GAAP, exclui o impacto das flutuações nas taxas de câmbio de moedas estrangeiras. Acreditamos que o fornecimento de informações em moeda constante fornece informações complementares valiosas sobre nossos resultados de operações, consistentes com a forma como avaliamos nosso desempenho. Calculamos porcentagens constantes de moeda convertendo nossos resultados financeiros em moeda local do período anterior usando as taxas de câmbio do período atual e comparando esses valores ajustados com nossos resultados reportados do período atual.

EBITDA Ajustado e Lucro Líquido Ajustado
Definimos EBITDA Ajustado como lucro ou prejuízo líquido de nossas demonstrações consolidadas de operações antes da receita e despesa de juros, imposto de renda, depreciação e amortização, encargos de reestruturação, ágio e encargos de depreciação de ativos intangíveis, despesa de compensação de estoque e outros itens não operacionais de nossas demonstrações consolidadas de operações, bem como alguns outros itens considerados não usuais ou não recorrentes em sua natureza. O EBITDA ajustado não é uma apresentação feita de acordo com o GAAP, e nosso uso do termo EBITDA ajustado pode variar do uso de medidas com títulos semelhantes por outros em nosso setor, devido às possíveis inconsistências no método de cálculo e diferenças devidas a itens sujeitos a interpretação. Usamos o EBITDA Ajustado para medir consistentemente nosso desempenho de período a período, tanto no nível consolidado como dentro de nossos segmentos operacionais, para avaliar e financiar programas de remuneração de incentivos e para comparar nossos resultados com os de nossos concorrentes.

Definimos lucro líquido ajustado como lucro ou perda líquida de nossas demonstrações consolidadas de operações antes do imposto de renda, depreciação e amortização associadas a ativos tangíveis e intangíveis adquiridos, encargos de reestruturação, ágio e encargos de depreciação de ativos intangíveis, outros itens não operacionais de nossas demonstrações consolidadas de operações e certos outros itens considerados não usuais ou de natureza não recorrente, reduzidos pelo dinheiro pago pelo imposto de renda. Também estão excluídas do lucro líquido ajustado as despesas com juros atribuíveis aos títulos subordinados conversíveis obrigatórios com vencimento em 2013. O Lucro Líquido Ajustado por ação ordinária apresentada em base diluída inclui ações ordinárias potenciais associadas a planos de remuneração baseados em ações que podem ter sido consideradas antidiluidoras de acordo com o GAAP. A quantia também inclui a quantidade média ponderada de ações ordinárias conversíveis associadas aos títulos conversíveis obrigatórios com base no preço médio de nossas ações ordinárias durante o período.

O lucro líquido ajustado e o lucro líquido ajustado por ação ordinária não são apresentações feitas de acordo com o GAAP, e nosso uso destes termos pode variar do uso de medidas com títulos semelhantes por outros em nosso setor, devido às possíveis inconsistências no método de cálculo e diferenças devidas a itens sujeitos a interpretação.

A tabela abaixo apresenta uma reconciliação do lucro/(prejuízo) líquido para o EBITDA ajustado e o lucro líquido ajustado e uma reconciliação das ações em circulação com base no GAAP para ações diluidoras em circulação para os três e seis meses encerrados em 30 de junho de 2011 e 2010, respectivamente:

Contatos:
Relações com Investidores: Liz Zale, +1 646 654 4593
Relações com a mídia: Kristie Bouryal, +1 646 654 5577

  • A receita do trimestre cresceu 10% para US$ 1.396 milhões, 5% a mais em moeda constante
  • O EBITDA ajustado para o trimestre cresceu 11% para $386 milhões, 7% a mais em moeda constante
  • O lucro líquido ajustado para o trimestre aumentou de US$68 milhões para US$155 milhões

Nova York, NY - 28 de julho de 2011 - Nielsen Holdings N.V. (NYSE: NLSN), líder mundial no fornecimento de insights e análises sobre o que os consumidores compram e observam, anunciou hoje os resultados financeiros do segundo trimestre encerrado em 30 de junho de 2011.

"Os resultados do segundo trimestre da Nielsen refletem um sólido desempenho operacional e financeiro em toda a empresa", disse David Calhoun, Diretor Geral da Nielsen. "Continuamos a ver um crescimento robusto impulsionado por nossos investimentos em mercados em desenvolvimento, e estamos satisfeitos com o progresso em iniciativas-chave que beneficiam nossos clientes e enriquecem nossa compreensão do que os consumidores compram e observam em uma base global".

Resultados operacionais do segundo trimestre de 2011
As receitas do segundo trimestre aumentaram 10% para US$ 1.396 milhões, ou 5% em moeda constante em comparação com o segundo trimestre de 2010. Estes aumentos foram impulsionados por um aumento de 14% dentro de nosso segmento Buy (7% em moeda constante) e um aumento de 4% dentro de nosso segmento Watch (1% em moeda constante). As receitas dentro de nosso segmento de Exposições foram estáveis ano após ano.

O EBITDA ajustado para o segundo trimestre aumentou 11% para $386 milhões, ou 7% em moeda constante, em comparação com o segundo trimestre de 2010. O lucro líquido para o segundo trimestre foi de US$ 69 milhões em comparação com US$ 74 milhões de lucro líquido no segundo trimestre de 2010. O lucro líquido ajustado para o segundo trimestre aumentou para US$155 milhões em comparação aos US$68 milhões no segundo trimestre de 2010.

Seis meses encerrados em junho de 2011 Resultados operacionais
A receita do primeiro semestre de 2011 aumentou 9% para $2.698 milhões, ou 6% em moeda constante em comparação com o primeiro semestre de 2010. Estes aumentos foram impulsionados por um aumento de 12% em nosso segmento de Compra (8% em moeda constante), um aumento de 5% em nosso segmento de Relojoaria (3% em moeda constante), e um aumento de 8% em nosso segmento de Exposições.

O EBITDA ajustado para o primeiro semestre de 2011 aumentou 11% para US$ 706 milhões, ou 8% em moeda constante, em comparação com o primeiro semestre de 2010. O prejuízo líquido para o primeiro semestre de 2011 foi de US$112 milhões em comparação com US$117 milhões de lucro líquido para o primeiro semestre de 2010. Os resultados do primeiro semestre de 2011 incluíram encargos associados ao IPO de $206 milhões, líquidos de impostos de $127 milhões. O lucro líquido ajustado para o primeiro semestre de 2011 aumentou para US$219 milhões em comparação com US$84 milhões no primeiro semestre de 2010.

Posição financeira
Em 30 de junho de 2011, os saldos de caixa eram de US$374 milhões e a dívida bruta era de US$6.900 milhões, excluindo os títulos subordinados conversíveis obrigatórios de US$288 milhões com vencimento em 2013. A dívida líquida ao final do segundo trimestre era de US$ 6.526 milhões e nossa taxa de endividamento líquido era de 4,4x. Os gastos de capital foram de US$142 milhões no primeiro semestre de 2011, em comparação com US$146 milhões no período do ano anterior.

Teleconferência e Webcast
Nielsen realizará uma teleconferência para discutir os resultados do segundo trimestre às 8h00, horário do leste dos Estados Unidos (ET), em 28 de julho de 2011. A chamada será webcast ao vivo no site https://ir.nielsen.com e um arquivo estará disponível no site após a chamada. Uma apresentação será postada no site de Relações com Investidores que fornece informações resumidas para a chamada.

Declarações prospectivas
Este comunicado à imprensa inclui informações que poderiam constituir declarações prospectivas feitas de acordo com a disposição de "porto seguro" da Lei de Reforma de Litígios de Títulos Privados de 1995. Estas declarações podem ser identificadas por palavras como "testamento", "expectativa", "deveria", "poderia", "deverá" e expressões similares. Estas declarações estão sujeitas a riscos e incertezas, e os resultados e eventos reais podem diferir materialmente do que é esperado atualmente. Os fatores que levam a isso podem incluir sem limitações condições econômicas gerais, condições nos mercados em que a Nielsen está envolvida, comportamento de clientes, fornecedores e concorrentes, desenvolvimentos tecnológicos, bem como regras legais e regulamentares que afetam os negócios da Nielsen e fatores de risco específicos discutidos em outros comunicados e registros públicos feitos pela empresa (incluindo os registros da empresa junto à Comissão de Valores Mobiliários e Câmbio). Esta lista de fatores não pretende ser exaustiva. Tais declarações prospectivas falam apenas a partir da data deste comunicado à imprensa, e não assumimos nenhuma obrigação de atualizar qualquer declaração prospectiva escrita ou oral feita por nós ou em nosso nome como resultado de novas informações, eventos futuros, ou outros fatores.

Sobre a Nielsen
A Nielsen Holdings N.V. (NYSE: NLSN) é uma empresa global de informação e medição com posições de liderança no mercado de marketing e informação ao consumidor, televisão e outros meios de medição, inteligência online, medição móvel, feiras comerciais e propriedades relacionadas. A Nielsen tem presença em aproximadamente 100 países, com sede em Nova Iorque, EUA e Diemen, Holanda. Para mais informações, visite www.nielsen.com.

Resultados das operações-(Três e Seis meses terminados em 30 de junho de 2011 e 2010)

A tabela a seguir apresenta, para os períodos indicados, os valores incluídos em nossas Demonstrações de Operações Consolidadas Condensadas: